Abstinência

01:25

Imagem de alone, sad, and worry


hoje eu acordei especialmente triste
mas não com uma tristeza corriqueira
daquelas que eu já estou acostumada a sentir
daquelas que já estão enraizadas 
nas minhas fraquezas
nas minhas fragilidades
na minha sensibilidade
nos meus traumas
hoje essa tristeza é burra
daquelas que a gente sabe da onde vem
que tem nome, sobrenome e endereço
e que só causa estrago

hoje eu acordei vazia
aliás, não só hoje
mas nos últimos dias
o que preenche 
infelizmente 
é aquilo que só faz mal
é aquilo que só machuca
que não faz bem
por que tudo tem que ser assim?
dizem que o tempo cura
mas dessa vez é diferente
eu queria acreditar que o tempo realmente curasse
mas a cada dia que se vai
parece que fica pior
e não passa

essa noite eu sinto uma angústia
mas é diferente
porque eu sei o que fazer pra acabar
mas eu não consigo
eu só queria voltar
mas não dá
não dá pra voltar atrás
apagar
 antes de tudo desabar
então essa noite me sinto especialmente perdida
aliás, não só essa noite
mas nos últimos tempos
está tudo um caos
estou adicta 

ontem eu disse a mim mesma que
iria tentar mudar meus hábitos nocivos
uma hora isso tinha que acontecer
quem dera se eu tivesse cogitado isso antes
quando eu me deixei cativar
e me abrir pra quem não tinha nada
a acrescentar
isso talvez explique essa dor que não passa
essa abstinência daquilo que nunca fez bem
e não faz

estou adicta
e neste momento
eu só quero escrever
pra tentar curar
já que não dá pra mudar
o que não dava pra prever
o que me resta é conviver
com aquilo que eu preciso entender
na verdade eu já entendi
eu só não quero 
crer

me afogo nesse copo com refrigerante de framboesa
que é a unica coisa que me traz conforto agora
eu sei que não é saudável
como aquilo que eu quero esquecer
eu sei que não vai fazer bem 
como quem nunca fez
mas eu não quero parar
eu não quero saber
eu vou beber


You Might Also Like

0 Comente!

Olá, seja bem vindo :) Diga sua opinião e ela será lida e muito bem vinda, ela é essencial para a construção da identidade deste blog!

Sua opinião será respondida aqui mesmo e em seu blog, por isso peço que deixe seu link para que eu possa retribuir a visita.

Temos twitter: @sabrinabyme e @blogspiderwebs; siga para receber todas as atualizações.

Um recado

Estava esperando por você. Antes de continuar, você precisa saber de algumas coisinhas, ó: isso não é um diário, nem um blog de moda. É apenas um blog. E apesar de alguns textos desde site possuírem um caráter bem pessoal [ao enfatizar sentimentos e circunstâncias] e narrativas por inúmeras vezes cortantes e sensíveis em primeira pessoa, nem todos eles possuem caráter auto-biográfico e opiniões da própria autora.

MEUS TEXTOS LITERATURA FALANDO DE FOTOGRAFIA VIDA UNIVERSITÁRIA VIDA DE NORMALISTA PASSEIOS E VIAGEM AVENTURAS NA COZINHA BICHINHOS MÚSICA NA WEB MINHA VIDA

PEQUENAS DOSES DE @SABRINABYME

'' Eu quis encontrar um jeito de nunca morrer, e a partir daí, eu comecei a escrever.''

'' Se tem uma coisa que eu aprendi sobre a dor, é que na maioria das vezes, ela também é a cura''

'' Que eu nunca perca essa vontade de escrever. Jamais. O mundo parece uma prisão, às vezes. Escrever é como abrir janelas.''


leia mais em Pensador.info>