11 de setembro de 2001: ainda não acabou

18:11


No dia 11 de setembro de 2001, acontecia um dos piores/maiores, se não o pior/maior atentado terrorista da história do mundo. Hoje, depois dos 11 anos que se passaram após esse atentado, o que parecia ter ficado no passado, se mostra em nossa sociedade de forma mascarada e constante e a gente pouco percebe.  Não entendeu né? Vamos nos aprofundar mais no assunto então.

Terrorismo, o que significa?  Segundo a Wikipédia,  ‘’ Terrorismo é o uso de violência, física ou psicológica ‘’ (...) ‘’ de modo a incutir medo, terror, e assim obter efeitos psicológicos que ultrapassem largamente o círculo das vítimas, incluindo, antes, o resto da população do território’’  . Não é uma pergunta muito difícil.

 Agora, você sabe o que seria um atentado terrorista? A pergunta talvez seja ridícula, por que toda pessoa que tenha, por exemplo,  mais de 15 anos, que tem pelo menos um televisor em casa e vai a escola regularmente, me diria  que um atentado terrorista é um incidente arquitetado, planejado, milimetrado para acabar com vidas em massa, chamando atenção para algum tipo de protesto e etc.  E essa seria a maioria das respostas que eu teria se estivesse fazendo uma pesquisa, afinal isso está nos livros, nas estatísticas , google, dicionários e senso comum em geral .

Só notamos os fatos quando eles estouram na mídia, a TV controla nosso conhecimento de mundo e por isso, estamos sempre alienados. Sempre. Sei disso por  que no 11 de setembro de 2001, quase todas as pessoas que são da minha época e eram crianças me dizem terem a lembrança da notícia estourando em todos os telejornais , pela TV . É evidente que depois do 11 de setembro, faz tempo que não vemos coisas assim.  Nitidamente, é claro.  

O que mais acontece na obscuridade do nosso cotidiano são os atentados terroristas. Sim meus caros, não estou louca! (ainda). Todos os dias acontecem atentados terroristas. Não arquitetados por grupos islâmicos e outros afins. Mas pelas próprias pessoas da sociedade contemporânea. São inúmeros atentados  contra a vida, contra a paz, contra o mundo ,  mas isolados. Se esses atentados forem agrupados, darão, com certeza, muito mais problemas e desastres do que um atentado de conhecimento mundial numa data qualquer  .

O problema disso tudo é que a gente não consegue enxergar, por que esses tais atentados acontecem de forma cotidiana, normótica. Achamos normal, pessoas matando as outras, estupros, brigas, discussões familiares, guerras. Praticas de bullying e cyberbullying que todos os dias crescem sem cessar e não podemos negar que isso também é atentado contra a vida e o bem-estar. Isso também é terrorismo. E a gente pouco lembra né? Até acontecer com a gente, com nossos amigos e com nossa família. Um grande exemplo foi hoje , morreu um segurança de um shopping que eu frequento sempre, vítima de assassinos. Aconteceu no dia de hoje, e quase ninguém soube. Não chocou muita gente, afinal, isso acontece todos os dias. Não seria isso também, um tipo de terrorismo? Vamos tirar as vendas e viver a realidade. Isso não é normal, não mesmo!

O terrorismo não está nos livros e nem na data de hoje. Ele está aqui e agora.Qual a resposta e a solução? É só olhar para o espelho.  Comece pela pessoa que você vê todas vezes que olha pra ele: comece por si mesmo. Busque o bem, a paz, consigo mesmo, com os outros , com o mundo.  Os ‘’ 11 de setembro ‘’ podem parar de se repetir . Não é utopia. Só depende de nós. 

You Might Also Like

8 Comente!

  1. Amiga, adorei *-*
    Como sempre eu estou aprendendo as coisas com você, muitas coisas que não sabia estou lendo aqui!
    Continue sua inspiração, não deixe nada e nem ninguem apagar sua criatividade e sua luz!
    Brilhe sempre, pois o seu brilho vem de Deus.
    Te amo muito ♥

    ResponderExcluir
  2. Realmente nos nossos dias sair na rua e voltar são e salvo é como atirar no escuro e acertar a maçã mais alta da árvore. Quando li seu texto lembrei daquele atentado na Noruega ano passado. As pessoas sempre conseguem agir com maldade se quiserem, então tb acho que a paz é uma questão de vontade.

    ResponderExcluir
  3. Simplesmente amei o post!
    |amodaeseusvicios.blogspot.com.br|

    ResponderExcluir
  4. Sabrina, eu não havia pensado por esse lado...as pessoas apontam os terroristas que cometeram essa atrocidade, mas esquecem de olhar seu próprio umbigo e pesar onde estão errando mas tornar efetivamente esse mundo um lugar melhor. Ótimas reflexões, um abraço!

    ResponderExcluir
  5. Acho que se cada um de nós começássemos a nós preocupar mas uns com os outros, ter mas amor no coração, não querer para o próximo o que não queremos para nós, diminuiria a quantidade de coisas desse tipo.
    Se uma criança pega um lápis na escola hoje, e chega em casa com aquele lápis e sua mãe não pergunta de quem é e o que está fazendo com ele, ela está passando a mensagem de que o filho pode fazer coisas erradas sem consequência.
    E quando essa criança crescer será que ela saberá o que é certo e o que é errado?
    Passa lá no blog tem post novo, aproveite para deixar sua opinião.
    Não deixarei o link porque o blogger está deletando os blogs que estão fazendo isso.
    Clique em meu perfil.

    ResponderExcluir
  6. Você falou com muita propriedade, guria. Realmente, o terrorismo existe nos dias de hoje e acontece com mais frequência do que imaginamos. Só que os noticiários só falam daquilo que é maior. Ninguém parece dar mais importância a coisas que - infelizmente - se tornaram tão comuns.
    Pena isso.
    Mas sério, abrindo um parênteses aqui, adorei a forma com a qual você tratou esse tema. Até comentarei sobre seu blog com minha professora de História/Geografia amanhã. Estávamos estudando sobre o terrorismo e você falou muito bem a respeito.

    Beijo!

    ResponderExcluir
  7. Olá Sabrina,
    Quando comecei a ler o texto imaginei que fosse fazer o mesmo discurso que outros blogs fizeram com referência a data do atentado nos EUA, o 11 de setembro. No entanto, brilhantemente você conseguiu enxergar os dois lados da situação, ou seja, a barbaridade do famoso atentado nas terras do Tio Sam e aqueles atentados diários que poucos prestam atenção mas que fazem toda a diferença, estes talvez com estragos sociais ainda maiores! Parabéns!

    Abraços, Flávio.
    --> Blog Telinha Critica <--

    ResponderExcluir

Olá, seja bem vindo :) Diga sua opinião e ela será lida e muito bem vinda, ela é essencial para a construção da identidade deste blog!

Sua opinião será respondida aqui mesmo e em seu blog, por isso peço que deixe seu link para que eu possa retribuir a visita.

Temos twitter: @sabrinabyme e @blogspiderwebs; siga para receber todas as atualizações.

Um recado

Estava esperando por você. Antes de continuar, você precisa saber de algumas coisinhas, ó: isso não é um diário, nem um blog de moda. É apenas um blog. E apesar de alguns textos desde site possuírem um caráter bem pessoal [ao enfatizar sentimentos e circunstâncias] e narrativas por inúmeras vezes cortantes e sensíveis em primeira pessoa, nem todos eles possuem caráter auto-biográfico e opiniões da própria autora.

SPIDERTV

PEQUENAS DOSES DE @SABRINABYME

'' Eu quis encontrar um jeito de nunca morrer, e a partir daí, eu comecei a escrever.''

'' Se tem uma coisa que eu aprendi sobre a dor, é que na maioria das vezes, ela também é a cura''

'' Que eu nunca perca essa vontade de escrever. Jamais. O mundo parece uma prisão, às vezes. Escrever é como abrir janelas.''


leia mais em Pensador.info>