Desapego

00:24



Depois de tudo, deixei as coisas estáticas. Já não me movia nem se quer, para saber se realmente elas estavam do jeito que eram, ou ainda vão continuar a mudar para sempre. Não queria perguntar, muito menos questionar todas as causas, os fatos, os momentos e as pessoas. Nem queria mais saber se elas ainda existem. Ainda não quero.

Era tarde demais , mas parecia cedo. Olhei o relógio. Não vi as horas. Andava e não sabia ao certo o caminho a trilhar. Tinha objetivo, mas não sabia até aonde chegar. Tinha dúvidas e não formulava perguntas. Tinha certezas, mas não precisava de argumentos. Tinha fome e não comia. Tinha escolhas, porém não havia opções. Lia mas não compreendia. Pegava a câmera, não fotografava. Tinha todo tempo do mundo e sempre estava atrasada. Falava, mas não sabia o significado do que pronunciara. Sonhava, mas não dormia. Morria, mas estava de pé, todos os dias.

Depois disso, mudei o contexto de vez, já era hora e então,  deixou-me sozinha. Dessa vez , não me importei. Ligou. Não ouvi, nem retornei. Chamou. Não olhei, não me importei. Falou muitas coisas ambíguas: com as positivas, não me iludi. Já as destrutivas, ignorei. Lançou-me falsidade. Desviei. Semeou o rancor. Não reguei. Plantou falsas esperanças. Não podei. Afogou-me em mágoas. Não mergulhei. Queria contagiar com sua falsa alegria, não sorri, emudeci. 

Queria o mal, não revidei. Vendia falsos sonhos. Nunca comprei. Frutificava suspeitas esperanças. Jamais colhi. Ameaçava desaparecer. Não impedi. Esperava-me. Não apareci. Mentia, mas percebi. Era o que nunca seria, prometia e não cumpria, doce agonia. Disso eu já sabia.

Causou danos. Não me abalei.Contestava-me. Não hesitei.
Fazia mal o que já não fazia bem...

Desapeguei.

You Might Also Like

11 Comente!

  1. nossa!! que texto incrível Sabrina. extremamente compatível com a situação que tenho vivido, que bom que desapegar não é algo ruim. obrigada pelas palavras. beijo.

    ResponderExcluir
  2. Desapego é sempre bom...principalmente quando não nós vais mais bem...

    "Causou danos. Não me abalei.Contestava-me. Não hesitei.
    Fazia mal o que já não fazia bem...

    Desapeguei "

    Amei o texto ♥
    ascunhosperdiidos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Belo texto, ritmado, rimado e muito, muito bem escrito!
    Depois da desilusão, o desapego é a libertação para a pessoa que sofreu. O que antes era importante, agora sequer abala. E muitas vezes, na vida, é assim que a gente tem de reagir frente a algumas situações. O que não significa tornar-se uma pessoa fria, mas simplesmente saber dar importância a (o) que(m) merece. Abraços!

    ResponderExcluir
  4. Gostei muito do tema do texto.
    Uma vez li uma frase que é a mais pura verdade.
    'O segredo é não ser de ninguém.As pessoas tem tendência a gostar do que não tem.'

    http://www.avidaemletras.com/

    ResponderExcluir
  5. Amei o texto você escreve muito bem, de verdade é um texto que da vontade de ler mais *---*
    Eu tambem escrevo as vezes e amo ler haha >.<
    se quiser conhecer meu blog fique a vontade
    www.nicolecorreaa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Nada melhor do que se desapegar ao que nos faz mal, Sa... lindo texto. beijos e tudo de bom!

    ResponderExcluir
  7. Menina que texto maravilhoso *u* Fiquei ate sem palavras aqui, serio mesmo.
    E esse final então: "Fazia mal o que não fazia bem... Desapeguei" *-*
    Perfeito mesmo viu

    Beijos,
    Pepper Lipstick

    ResponderExcluir
  8. Que texto lindo, Sabrina! As palavras encaixaram perfeitamente e deram ritmo ao texto. Desapegar é o que há!
    Beijos, Cat.
    www.doceilusao.com/

    ResponderExcluir
  9. Adorei o ritmo do texto e principalmente o conteúdo.
    Como você tem crescido como autora, estou gostando de ver. Acredito que ao menos um pouco, aquele toque que lhe dei a respeito de despir-se mais do seu conteúdo tenha dado certo e eu desconfiava que por trás de apenas imagens, poderia haver algo mais.
    Desapegar é muito bom, principalmente de pessoas que possuem o único intuito de nos prejudicar.

    => CLIQUE => Escritos Lisérgicos...

    ResponderExcluir

Olá, seja bem vindo :) Diga sua opinião e ela será lida e muito bem vinda, ela é essencial para a construção da identidade deste blog!

Sua opinião será respondida aqui mesmo e em seu blog, por isso peço que deixe seu link para que eu possa retribuir a visita.

Temos twitter: @sabrinabyme e @blogspiderwebs; siga para receber todas as atualizações.

Um recado

Estava esperando por você. Antes de continuar, você precisa saber de algumas coisinhas, ó: isso não é um diário, nem um blog de moda. É apenas um blog. E apesar de alguns textos desde site possuírem um caráter bem pessoal [ao enfatizar sentimentos e circunstâncias] e narrativas por inúmeras vezes cortantes e sensíveis em primeira pessoa, nem todos eles possuem caráter auto-biográfico e opiniões da própria autora.

SPIDERTV

PEQUENAS DOSES DE @SABRINABYME

'' Eu quis encontrar um jeito de nunca morrer, e a partir daí, eu comecei a escrever.''

'' Se tem uma coisa que eu aprendi sobre a dor, é que na maioria das vezes, ela também é a cura''

'' Que eu nunca perca essa vontade de escrever. Jamais. O mundo parece uma prisão, às vezes. Escrever é como abrir janelas.''


leia mais em Pensador.info>