Contraditório

15:11



Vem cá, me diga uma coisa: ainda posso aprender a voar? Ih, espera! As chances de eu ter asas algum dia são quase inexistentes. Avião? Eu não gosto. Nunca andei. Tenho medo de altura. Parece contraditório, né? Que seja contraditório, então. Quero uma coisa e tenho medo dos meios que faço para tê-la. Mas ter medo de altura e querer voar é como ter medo da morte e ousar a sair de dentro de casa todos os dias. Dá no mesmo. Não dá? 

Então somos tão covardes quanto corajosos e nem nos damos conta. Quer ver só? Também é como entrar na faculdade. Eu quero o diploma, mas tenho medo de encarar certas matérias. Medo de fazer certas escolhas. Medo do caminho. E sim, apesar de tudo, ainda sou universitária. Quero prosseguir. Não desisti não. 

E o lado profissional que o diga. Quero o emprego, mas tenho medo de encarar certas conseqüências e submissões. De abandoná-lo se não estiver me agradando. Mas quem vive sem emprego mesmo? Ah, lembrei. Quem tem pais. Ou quem é chefe. Ou que não tem nada disso e mesmo assim é sustentado por alguém. Ou seja, ninguém. Ou quase isso. 

Quase me esqueço! No amor então... quero amar mas tenho medo de sofrer. Porém, amo. Cada coisinha nesse mundo. Cada canto do meu quarto. Cada parte da ladeira de cima. Cada estrada, cada sorriso. Cada caminhada. Cada memória.

Cada minuto que estou com você.

Da série ''textos que saem assim do nada''. E pra você, o que mais é contraditório? 

You Might Also Like

3 Comente!

  1. Mas o chefe tem emprego, se não não era chefe. haha

    (:

    ResponderExcluir
  2. A vida é composta por essa ambiguidade, é o que nos sustenta, é o que nos mantém e o que nos faz ter a possibilidade de escolher, de errar ou acertar. Todos temos que conviver com a contradição.

    ResponderExcluir

Olá, seja bem vindo :) Diga sua opinião e ela será lida e muito bem vinda, ela é essencial para a construção da identidade deste blog!

Sua opinião será respondida aqui mesmo e em seu blog, por isso peço que deixe seu link para que eu possa retribuir a visita.

Temos twitter: @sabrinabyme e @blogspiderwebs; siga para receber todas as atualizações.

Um recado

Estava esperando por você. Antes de continuar, você precisa saber de algumas coisinhas, ó: isso não é um diário, nem um blog de moda. É apenas um blog. E apesar de alguns textos desde site possuírem um caráter bem pessoal [ao enfatizar sentimentos e circunstâncias] e narrativas por inúmeras vezes cortantes e sensíveis em primeira pessoa, nem todos eles possuem caráter auto-biográfico e opiniões da própria autora.

SPIDERTV

PEQUENAS DOSES DE @SABRINABYME

'' Eu quis encontrar um jeito de nunca morrer, e a partir daí, eu comecei a escrever.''

'' Se tem uma coisa que eu aprendi sobre a dor, é que na maioria das vezes, ela também é a cura''

'' Que eu nunca perca essa vontade de escrever. Jamais. O mundo parece uma prisão, às vezes. Escrever é como abrir janelas.''


leia mais em Pensador.info>