Talvez seja a hora de parar

22:15


Eu olhei pro céu azul hoje pela manhã e o calor do sol me aqueceu naquele momento que eu estava saindo de casa para mais um dia de trabalho. Que delícia. Fazia tempo que eu não olhava para o céu azul, limpo e sem nuvens. Seria muito ridículo se eu dissesse que me comovo e me inspiro com a forma singela que a natureza se apresenta em seus melhores dias? É que geralmente nessas primeiras horas do dia eu sempre estive dormindo e pensando em coisas que só me faziam mal. Então acordar nunca foi tão bom, mesmo que seja tão cedo. É mais do que levantar a cada dia. É ‘’acordar pra vida’’ literalmente.

Eu fiquei um tempo perdida. Dizem que a vida não tem graça se você não experimenta cada parte dela. O começo, os momentos difíceis e os obstáculos até chegar ao pódio. Talvez isso seja mesmo verdade. Então pra que tanto desespero, né? Vou te contar uma coisa que eu aprendi: a verdade é que tudo depende da gente, e isso, é mais complicado do que parece. Esperar é fundamental. Esperar é tudo. A espera é uma dádiva. E lutar, isso é fundamental. É verdade, cara! Sabe aquela coisa ‘’quando um não quer dois...’’ então. Quando você não quer lutar, pode ter certeza que metade da batalha está perdida. 

É estranho ter autonomia quando você não tem certeza do que quer. Acho que a maioria das pessoas que eu conheço sempre estão procurando algo melhor do que elas tem, mas antes o melhor, era o que elas já conseguiram. As pessoas (e o mundo) são confusos demais para entender ou criar fórmulas ou teorias. E no meio dessas pessoas, eu percebi que a pior delas era eu. Eu achava tão anormal ser desse jeito. Confusa. Mas isso é mais normal do que parece.

Meus textos já não possuem mais o brilho de antes. Não sei se isso é coisa da minha cabeça, mas eu surtei completamente nessa última semana. Eu pensei que nunca mais poderia chegar a escrever algo significativo. Brincar com as palavras sempre foi como arriscar números na loteria. Eu nunca sei o efeito dessas palavras pra você aí do outro lado. E muito menos sei qual é o resultado do jogo. É tudo questão de ponto de vista. Sorte, talvez. Risco. Eu só escrevo e pronto. Você que dá a essência a cada linda dessa que eu traço no word, o lugar onde as maiorias histórias começam. 

Se você me perguntar se eu estou bem agora, provavelmente eu vou dizer eu sim. A verdade é que eu não me sinto totalmente bem. Não tenho motivos além dos que eu já tenho pra estar cem por cento feliz. Com tanta violência lá fora, é estranho pensar que eu posso não chegar mais em casa. É estranho pensar nisso de forma geral. As pessoas geralmente ‘’fingem’’ que essas coisas não existem para viver uma vida melhor, como se fosse perfeita. Mas eu não. Eu sou tão sincera que fico o tempo todo de olho ao redor temendo alguma coisa. Mas o que vai acontecer no próximo segundo é tão imprevisível do que saber do que vai acontecer daqui há 15 anos. Fazer o que, odeio correr riscos. Mas esqueci que VIVER é o maior deles.  O que dá margem a todos os outros.

Sei lá. Talvez eu não esteja ouvindo as músicas certas. Talvez eu não tenha lido o livro certo no último mês. Talvez eu não tenha tomado a melhor decisão na última semana. Talvez eu tenha conversado com as pessoas erradas nos últimos dias. Talvez eu esteja indo para os caminhos errados. Talvez seja a hora de parar. Parar de querer prever o futuro. De generalizar as coisas. De querer desistir quando tudo aperta. Talvez seja a hora de parar de me culpar por todas as pessoas que saem da minha vida. Talvez seja a hora de parar de pensar e agir. Ser melhor do que ontem e melhor amanhã. Apenas ser. E pronto. É isso.

You Might Also Like

7 Comente!

  1. Tudo na vida é possível, menos a escolha de parar.........mesmo na complicação....mesmo na dificuldade ou no obstáculo.

    Adorei sua reflexão. PARAR JAMAIS.

    Quem diz isso é quem já esteve em coma, uti e tive convulsão, pré-infarto...e tudo antes dos 35 anos.

    abs

    ResponderExcluir
  2. " Parar de querer prever o futuro. De generalizar as coisas. De querer desistir quando tudo aperta. Talvez seja a hora de parar de me culpar por todas as pessoas que saem da minha vida."

    Gostei muito!

    ResponderExcluir
  3. É normal as dúvidas aparecerem, mas devemos sempre seguir em ritmo evolutivo... linda reflexão, flor! beijinhos e lindo final de semana.

    ResponderExcluir
  4. Adorei o seu texto, me fez lembrar uma fase da minha vida, justamente o que me fez parar de escrever, com medo das criticas e por não me achar suficientemente boa nisso. Temer o que é essencial, e parar... A pior coisa que já fiz.
    Felizmente esse tempo em que estive fora me fez criar forças para voltar, e agora estou reativando meu blog, pois cansei que desistir, de parar e não lutar nos momentos difíceis. Adorei seu texto, ótima reflexão.

    Espero por sua visita em meu blog. Beijos da sua antiga parceira Jaqueline.
    http://misteriodaspaginas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Texto intenso, lúcido e que provoca muita reflexão! Já tive meus momentos de dúvidas, ainda tenho, e terei até o fim da vida. O que importa é saber sempre crescer, e "Ser melhor do que ontem e melhor amanhã. Apenas ser. E pronto".
    Você continua escrevendo muito bem, amei o texto e vou ficar com as palavras dele ecoando na minha cabeça, eu sei disso.
    Boa semana.

    ResponderExcluir
  6. Viver é como andar de bicicleta: se parar você cai. Gostei muito da crônica, porque me fez relembrar todas as vezes em que tive vontade de desistir, e algo maior dentro de mim me fez continuar seguindo em frente. Parabéns.

    "O medo que tenho é o medo de tudo".

    http://thebigdogtales.blogspot.com.br/2013/07/sindrome-do-panico.html

    ResponderExcluir
  7. Quando tudo parece sair do eixo, é sinal de que temos que repensar a vida, em si. Como você disse, a vida é todo um processo, o qual temos que passar por casa etapa, para se chegar a um fim comum. Mas em meio a tudo isso, existe a incerteza do que aconterá no minuto seguinte e é o que mais amedronta o ser humano. Portanto, concordo com as suas últimas palavras, talvez seja a hora de chegar a uma conclusão e finalmente colocar tudo em prática. Boa sorte garota!

    ResponderExcluir

Olá, seja bem vindo :) Diga sua opinião e ela será lida e muito bem vinda, ela é essencial para a construção da identidade deste blog!

Sua opinião será respondida aqui mesmo e em seu blog, por isso peço que deixe seu link para que eu possa retribuir a visita.

Temos twitter: @sabrinabyme e @blogspiderwebs; siga para receber todas as atualizações.

Um recado

Estava esperando por você. Antes de continuar, você precisa saber de algumas coisinhas, ó: isso não é um diário, nem um blog de moda. É apenas um blog. E apesar de alguns textos desde site possuírem um caráter bem pessoal [ao enfatizar sentimentos e circunstâncias] e narrativas por inúmeras vezes cortantes e sensíveis em primeira pessoa, nem todos eles possuem caráter auto-biográfico e opiniões da própria autora.

SPIDERTV

PEQUENAS DOSES DE @SABRINABYME

'' Eu quis encontrar um jeito de nunca morrer, e a partir daí, eu comecei a escrever.''

'' Se tem uma coisa que eu aprendi sobre a dor, é que na maioria das vezes, ela também é a cura''

'' Que eu nunca perca essa vontade de escrever. Jamais. O mundo parece uma prisão, às vezes. Escrever é como abrir janelas.''


leia mais em Pensador.info>