Spiderwebs E Você: Um pacote de balas de goma

12:49

Hello peoples. Mal comecei a Campanha #Spiderwebs E Você e já selecionei uma história. Quem me mandou foi a Carolina Amaral Bueno Azevedo, do blog Seize the day .Ela tem 16 anos , mora em São Paulo/SP e mandou esta história no dia 19/01/12.Quando li este texto , fiquei com um gostinho de quero mais , que nem quando chega a ultima página do livro que você a-m-a e aí tu fica imaginando como seria se aquela história continuasse ! Parabéns pela bela história, Carolina! Spiderwebs te parabeniza por estrear essa campanha  e agradece a sua participação. Eaí, tá curioso (a) ? Confira abaixo
 ''Esse é um texto sobre meu primeiro encontro com meu namorado. É um texto que eu
 gosto muito, mesmo não demonstrando tudo aquilo que eu senti naquele dia.''

''Um encontro perfeito, é talvez tenha sido. Qual a definição do perfeito para você? O primeiro abraço foi tímido, aconchegante é claro. As primeiras palavras foram aleatórias, falaram sobre aquela passeata que estava tendo logo na avenida. Entraram no colegio dela, andaram um pouco enquanto o tempo passava. Um crepe, uma lata de coca-cola e mais tarde uma H2OH. Sentaram em um canto do térreo e por ali ficaram. Mais palavras, risadas, sorrisos e as bochechas dela coravam minuto sim, minuto não.

Os colegas dela passavam e a cumprimentavam, alguns com um tom de surpresa ao ver a pequena acompanhada, e logo iam embora. Os amigos, aqueles verdadeiros mesmo, chegaram logo depois. Apresentaram-se a ele, cumprimentaram a garota e se retiraram.

“Não sirvo para ser vela.” Uma amiga comentou, fazendo com que todos rissem.

Eles continuaram ali, os braços dele sobre a costa do banco e a cabeça dela, hora encostada no ombro dele, hora direcionada a um ponto qualquer com as bochechas coradas.

As palavras iam e vinham, as risadas eram gostosas e os sorrisos espontâneos. Era algo bom, principalmente para ela.

Os amigos dela voltaram. Dessa vez ficaram sentados em um banco, praticamente em frente ao deles. Ele sorriu e ela pegou o celular para mandar uma mensagem, um pouco mal-educada, aos seus amigos. Ele pediu para que ela o deixasse mandar, ela deixou. Como negar?

Os amigos queriam ver o beijo, ele brincava digitando que eles estavam atrasados demais. Ela sorria, com as bochechas vermelhas é claro. Os amigos foram embora, eles ficaram sozinhos novamente. O silencio durou algum tempo, não era desconfortável.

Ele se espreguiçou, disse alguma coisa que ela provavelmente não entendeu e a beijou. As sensações, sim eu deveria descrevê-las. Mas como? Talvez você deva perguntar a eles, se eu fosse descrever seria algo clichê, as mesmas borboletas no estomago ou aquela mesma coisa em que se vê em livros ou estórias espalhadas por ai.
O resto foi como um sonho, talvez. Não, um sonho é fantasiado demais. Foi bom, um algodão doce, um pedaço de pizza. Mais palavras, abraços, beijos, risadas e sorrisos.
Teve um fim, mas aquele fim que você espera que tenha uma continuação. Você sabe como é, acabou... Mas não exatamente ''


E aí, gostou do texto? Quer participar também? Clique AQUI e saiba como se inscrever. Mostre ao mundo o que você tem de melhor!


You Might Also Like

9 Comente!

  1. Nossa que lindidnho gente !
    Já estou lá mandando alguns meus !
    Amei mesmo ..
    olha mt sucesso com seu Blog viu ?!

    Beijos
    http://jeitomeninadeser.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Muito fofa a história: simples e romântica!

    exclusivoparagarotas.tk

    ResponderExcluir
  3. Que história bacana, gostei e gostei do quadro tbm... beijusss!

    ResponderExcluir
  4. Muito bom! Gostei: "Não, um sonho é fantasiado demais".Parabéns as duas!

    Estou seguindo o blog.


    Lu

    http://lucianasantarita.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Que bonitinho! Me lembrou do meu primeiro encontro com meu primeeeeiro namorado. Toda o medo e a ansiedade... Bons tempos! Que bom que com novos amores vem novos sentimentos assim <3 Adorei e vou participar da campanha. Beijinho

    ResponderExcluir
  6. Ah, super fofo!!
    Consegui ver um casal lindo por trás das palavras doces e jovens.
    Adorei e estou seguindo o blog!
    Beijos

    http://giselecarmona.blogspot.com/
    @giselecarmona

    ResponderExcluir
  7. Historia linda Sabrina, até essas "velas" contribuiram pra deixar a historia ainda mais legal.

    Sucesso e Abraços do Cabeça de Formiga

    ResponderExcluir
  8. história bonita

    http://rocknrollpost.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. muito legal, continue assim sempre.

    ResponderExcluir

Olá, seja bem vindo :) Diga sua opinião e ela será lida e muito bem vinda, ela é essencial para a construção da identidade deste blog!

Sua opinião será respondida aqui mesmo e em seu blog, por isso peço que deixe seu link para que eu possa retribuir a visita.

Temos twitter: @sabrinabyme e @blogspiderwebs; siga para receber todas as atualizações.

Um recado

Estava esperando por você. Antes de continuar, você precisa saber de algumas coisinhas, ó: isso não é um diário, nem um blog de moda. É apenas um blog. E apesar de alguns textos desde site possuírem um caráter bem pessoal [ao enfatizar sentimentos e circunstâncias] e narrativas por inúmeras vezes cortantes e sensíveis em primeira pessoa, nem todos eles possuem caráter auto-biográfico e opiniões da própria autora.

SPIDERTV

PEQUENAS DOSES DE @SABRINABYME

'' Eu quis encontrar um jeito de nunca morrer, e a partir daí, eu comecei a escrever.''

'' Se tem uma coisa que eu aprendi sobre a dor, é que na maioria das vezes, ela também é a cura''

'' Que eu nunca perca essa vontade de escrever. Jamais. O mundo parece uma prisão, às vezes. Escrever é como abrir janelas.''


leia mais em Pensador.info>