A leitura , minha imperfeição

20:37

Olá meus amados. Tudo bom com vocês? Desculpe a temporada sem posts , tempo anda muito corrido. Tenho alguns avisos: Essa semana , estive num post de indicação no blog Devaneios e Desvarios (clique aqui) e em uma entrevista no blog Refúgio das Palavras (clique aqui) - legal, né? Fiquei super feliz. Corre lá , vocês vão gostar.  Ah, e não se espantem com o título do post , essa postagem não vem julgar nenhum tipo de leitura em si , ela somente vem falar do meu modo imperfeito de ler...Curiosos? . Então vamos ao post! Enjoy!


'' Se tu separas um livro para ler nas férias ou para quando ficares doente, é para não ler. A leitura é feita assim: de maneira cortada, aos saltos, imperfeita como a vida. Procuramos a leitura perfeita , por isso ela não acontece''  (Fabricio Carpinejar)
~
Por muitas vezes, passei horas na biblioteca me apaixonando por diversos livros. Capas exuberantes , sinopses perfeitas , tudo me chamava atenção. Olhos brilhantes e ansiedade de conhecer novas histórias me faziam tomar uma decisão: pegar esses livros. Começava a ler. Lia as primeiras páginas, com dificuldade. A vida e seus acasos sempre me faziam perder o foco da leitura. Isso era o que mais me angustiava. Eu pensei ter algum tipo de problema, mais era algo bem diferente disso.

Fabrício Carpinejar no trecho acima , conseguiu definir o que se passou e o que ainda passa comigo. Era algo que eu mesma desconhecia. Que eu queria descartar. Mas era meu modo se ser, não podia mudar. Me falaram que ler livros é essencial e bom pra muita coisa. Eu acreditava e acredito , mas mesmo assim, nunca obtive real gosto para ler livros por ''obrigação'' ou para ''enriquecer o vocabulário'' como dizem. Nunca consegui pegar um livro todos os dias , e se peguei, foram poucos. É, não me condenem. 

Seria generalizar demais dizer que não gosto de ler. Eu gosto, muito. Eu amo ler coisas que me são prazerosas, como por exemplo: gosto de ler blogs, textos avulsos, fragmentos, crônicas, contos, poemas ... mas livros, nunca foram meu forte. Nem todo livro me agrada. Eu me achava péssima por isso, e eu sempre me senti culpada por não conseguir terminar os livros que pegava pra ler. Isso acontece até hoje. Mas todos os livros que eu li, sem exceção , me fizeram viajar, amar, sonhar. E olha que não foram muitos, confesso. 

Não li a saga crepúsculo e nem os livros do Harry Potter. Na minha concepção, prefiro os filmes. Não li tantos best-sellers famoso que existem por aí . Eu li Talita Rebouças, Gustavo Reiz, Pedro Bandeira ... que escrevem para o público jovem e falam minha língua. Li romances que marcaram minha vida. Li Clarice Lispector , que praticamente traduz meus sentimentos em suas palavras. Gosto de ler histórias que remetem a minha vida, e um significado para ela. E por pensar que lia da maneira errada, descobri que leio da forma que me faz bem, da minha forma. 

E este é meu imperfeito modo de ler, de amar, de me expressar: de viver.

You Might Also Like

26 Comente!

  1. Olá Sabrina,
    Confesso que me surpreendi com esse post. Podia jurar que você amava livros. Você escreve muito bem, e geralmente quem escreve assim, tem o forte hábito de ler.
    Eu amor ler, amo mesmo. Sempre vou na biblioteca municipal de Santa Cruz, lá tem livros ótimos. Sempre pego alguns e leio, e quando me dedico, passo horas e horas lendo kkkk
    Eu não te condeno por não gostar muito de livros, quem sou eu para julgar alguém né? kkk
    Mas como você mesma disse, tem hábito de ler blogs, contos, textos... isso é ótimo, só o fato de ler já é bom.
    Se todo jovem tivesse leitura como um hábito e não como uma obrigação, teríamos um mundo melhor.

    Beijos

    http://errosxacertos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Ola Sabrina,

    Acredito que não existe uma forma padronizada para ler corretamente, acredito que essa obrigatoriedade é que fez muita gente tomar medo pela leitura. Um exemplo é a forçada de barra que alguns professores de literatura dão ao forçarem seus alunos a lerem clássicos escritos no século XIX, não que estes sejam ruins, mas muitos ainda não estão preparados para uma literatura mais pesada. Bom mesmo é ler com gosto, isso é muito importante!

    Abraços, Flávio.
    --> Blog Telinha Crítica <--

    ResponderExcluir
  3. Ola Sabrina,
    Ahhh, esqueci... Minha leitura também não é perfeita: leio vários livros ao mesmo tempo, leio com interrupções, outros devoro e assim vai! Você também me entende, né?

    Abraços, Flávio.
    --> Blog Telinha Crítica <--

    ResponderExcluir
  4. Oi Sa,

    Tudo bem? Gosto muito de Fabricio Capinejar. Apesar de ler blogs, tenho disciplina e dedico pelo menos 3o minutos do meu dia para tal fim.

    Quanto a não gostar de se fixar no livro, preferindo o meio virtual, é muito próprio da sua geração que já nasceu na internet. Mas com o tempo, alguns títulos agradarão a sua motivação de leitura que percebo que já é grande.

    Bom final de semana!

    Beijos.

    Lu

    ResponderExcluir
  5. Ah Sabrina, eu amo ler. Mas a leitura está tão vaga na minha vida ultimamente... Odeio interromper um livro, odeio ler aos trancos e barrancos, mas eu odeio mais ainda não ter nada pra ler. Então mesmo desse jeito meio torto eu leio. É importante, isso todo mundo sabe, mas se for por obrigação, não presta. Não cumpre o propósito da leitura, sabe? Não encanta, não conquista.
    Então continue a ler desse seu modo imperfeito que aposto que vai ser perfeito pra VOCÊ.

    Beijo!

    ResponderExcluir
  6. Eu amo ler, às vezes por falta de livros novos começo a reler os antigos que eu mais gostei! Mas também nunca li a saga crepúsculo, e harry potter eu só li o primeiro livro. Gosto muito de quadrinhos também, adoro essas edições de bolsos muito práticas pra ler em qualquer lugar. Beijos.

    http://esfriouocafe.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Sabrina! =D

    Acho que achei alguem que se parece comigo nesse sentido. Eu também leio pouco, pouquissimo. Mas gosto de livros grandes. Eu fiquei um ano 2 anos para ler um livro de 580 paginas e isso pq o livro era extremamente interessante para mim hehe

    Talvez seja um mal da nossa geração, mas o fato é que eu pretendo ler mais livros. É muito legal!

    Um Beijo!

    End Fernandes

    ...

    ResponderExcluir
  8. Sabrinaaa... que texto maravilhoso... nunca se condene por não gostar de algo ou de alguém, não somos perfeitos e nem devemos ser... eu como vc, tbm amo ler, mas livros que me chamam atenção, Blogs que escrevem com verdade ou sentimentos... amo ler.
    Com os livros tenho uma relação meia estranha tbm, eu leio, mais paro muitas vezes de ler, por ex: Eu começo a ler, vou até a pagina 20 ou 30 e fico 2, 3 dias sem ler o mesmo, depois pego o livro continuo a leitura, daí leio mais 30, 40 paginas e largo o danado lá de novo, só que dessa vez, 10, 15 dias... daí pego e termino o restante em dias corridos de leitura o dia todo... rsrsrsrsrs... cada um tem sua forma de ler e entender, minha irmã me critica muito por eu ler assim, ela disse que eu não devo entender nada do livro, engano o dela, eu leio e entendo tudo, tudo fica na minha memoria, é uma questão de gosto ler assim.
    Amei saber que tem pessoas parecidas comigo.
    Descobri a poucos meses que detesto livros de terro... kkkkkk... tentei ler "A Estrada da Noite" e não consegui... os filmes passo facil, mas o terror na minha cabeça, não dá certo...=D
    Que legal seu namorado ser assim com os idosos... vc encontrou um rapaz de ouro, os de hoje são tão ignorantes... parabéns a ele.
    Beijooos... seu Blog como sempre, super 10!!

    ResponderExcluir
  9. Sabrina, sinta-se bem por ser quem você é! Pra quê ler um livro de suspense de 567 páginas em uma semana? Gosta de Pedro Bandeira, Elias José...? Continue lendo. A leitura é grandiosa e independente do conteúdo, você será transformada. Beijos!


    http://sabrinanunees.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  10. sabe nem é todo mundo que tem esse "fogo" por certas leituras,acho que cada um tem mais seu estilo, uns gostam de romance já outros de livros de terror, ou outras que preferem esperar sair o filme, eu leio e assisto o filme( depois sempre saio falando alguma coisa que tá diferente), mas isso e de cada um.
    beijos
    http://lolamantovani.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Ah! Sabrina esse não é o pior defeito do mundo se é que podemos chamar isso de defeito... Afinal, e alguma forma você gosta de ler e já leu alguns livros. Gostei da forma como você escreve, gostei de seu blog e já estou curtindo ele.
    Seu blog é super organizado, parabéns... voltarei te visitar.

    ResponderExcluir
  12. Ps.: Seu blog está hospedado no "bits caverna"? Pergunto, pois já tive um blog hospedado lá e o domínio era tk... ;)

    ResponderExcluir
  13. Oi, Sabrina! Eu desenvolvi o hábito da leitura na adolescência, comecei lendo aqueles romances bobos de banca de revista (Julia, Sabrina) e passei aos poucos a ler de tudo. Passei também a perceber o que eu sempre ouvi falar, que os livros são sempre melhores que os filmes. Sei que os livros do Harry Pother são imensos, mas acredite: vale a pena ler, há muita coisa legal nos livros da série que não couberam nos filmes, e a leitura é leve, então passa rapidinho. Tente e depois, me conte! Um abraço!

    ResponderExcluir
  14. Oi, Sabrina,
    Daniel Pennac, escritor e professor francês, apresenta em seu livro "Como um romance" os dez direitos do leitor. Acho que você vai gostar:
    1. O direito de não ler.
    2. O direito de saltar páginas.
    3. O direito de não acabar um livro.
    4. O direito de reler.
    5. O direito de ler não importa o quê.
    6. O direito de amar os “heróis” dos romances.
    7. O direito de ler não importa onde.
    8. O direito de saltar de livro em livro.
    9. O direito de ler em voz alta.
    10.O direito de não falar do que se leu.

    ResponderExcluir
  15. Sabrina,
    Acho a perfeição da leitura, está no prazer que se extrai dela.
    Eu adoro livros infanto-juvenis, pois dava aulas para alunos nessa faixa etária e tinha que lê-los, e a gente aprende a gostar do simples, de histórias não rebuscadas, mas genuinamente lindas.
    Eu adoro Sidney Sheldon e ele nao é bem visto pela cúpula docente. Eu gosto ler vários livros ao mesmo tempo, cada um numa hora específica, depende do que estou precisando: Arejar a mente, me culturar, alimentar meu espírito, encher minha alma... Essa é a minha forma (in) correta de ter prazer na minha leitura.
    Beijokas doces e bom domingo

    ResponderExcluir
  16. Talvez o que esteja faltando seja tão somente um autor ou temática com o/a qual você realmente se identifique, a leitura só é realmente prazerosa quando ela acontece de forma espontânea e natural, e estou certo de que isso lhe acontecerá!

    Abração pra ti moça, ótimo final de semana!!!

    ResponderExcluir
  17. Muito interessante, esta sua reflexão sobre a leitura...
    Gostei, e te entendo, cada um deve seguir seu ritmo, e ler o que quiser...
    Gostei, abraço! :D

    Jader Monteiro
    http://cinco-datarde.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Oi Sabrina
    Se serve de consolo, eu comecei a ler depois dos trinta anos (kkkkk), vim de uma família muito humilde, meus pais não tinham cultura, então sendo caçula de oito irmãos, todos foram se "culturando" por conta própria, quando vi que como vc não gostava de ler, mas precisava, pedi ao meu irmão prá me ensinar a gostar de ler, ele me emprestou um livro de várias histórias reais de pessoas que escaparam da morte, tipo perdida na selva, cada capítulo era uma história, então não era cansativo, meu irmão é sábio, depois daquele livro, eu não parei mais de ler, tenho que confessar que meu autor preferido é Nicholas Sparks, considerado um autor adolescente, mas como diz a Joicy, o importante é ler o que se gosta, por prazer, não consigo estar sem ler nada, agora sou uma leitora voraz, tento passar isso para os meus filhos, a leitura enriquece o vocabulário, além de que é bem melhor do que o filme, vc viaja nos livros, então encontre algo que vc goste de ler, quando vc ver, vc já será uma leitora perfeita (kkkkkkk).
    Bjão da tia Lú.

    ResponderExcluir
  19. Ah, Sabrina, ninguém lê de forma perfeita porque isso simplesmente não existe. Nem na leitura.
    Eu sou apaixonada por livros, mas não é sempre que consigo terminar um. Às vezes simplesmente os deixo de lado (como aconteceu com aqueles de Shakespeare, que odiei e não terminei alguns deles). De fato, muitas vezes prefiro ler blogs do que ler livros. Prefiro interagir com o autor, saber o quê o levou a escrever tal coisa. Isso é bom, é saudável e traz um sentimento de reciprocidade que é ótimo.
    Ainda assim eu amo livros. Mas são poucos os que realmente me tocam.

    Beijo!
    http://miasodre.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Sa, já escrevi sobre como começou meu encanto pelos livros. MEsmo que muitos pensem que surgiu na infância, a verdade é que apareceu depois de meus 13 anos. Depois disso não parei mais de ler.

    LEitura é uma necessidade... Não vivo muito tempo sem!!! Mas, não sou do tipo que só lê clássicos. De clássicos à livros que são tidos como "cultura inútil". De gibis à revistas de minha área de atuação... e, com certeza, os blogs estão em meu top list de leitura diária. Leio o que me dá prazer... Ponto!

    Há período que estou lendo 3 livros de uma só vez. Contudo, há épocas que eu leio nem um sequer!

    Vc gosta de Clarice? Amo de paixão. Amo suas personagens! Um dia ainda escreverei sobre elas!

    bjks JoicySorciere => CLIQUE => Blog Umas e outras...

    ResponderExcluir
  21. Boa tarde, Sabrina.
    Eu também não possuo um método específico para ler, o que simplesmente acontece é que, quando começo um livro e a leitura me cativa, leio o livro rapidamente e sem intervalos.
    E se o livro não me agrada, eu abandono simplesmente.
    Também não ligo muito para "os livros da moda", como Dan Brown (que possuem todos a mesma fórmula), leio aquilo que me agrada ou é necessário e pronto.
    Abraço e um bom domingo pra ti, Sabrina.

    ResponderExcluir
  22. Eu não consigo imaginar eu não querendo ler ou não conseguindo ler livros como você, mas te entendo, é algo seu, algo da sua personalidade e isso não te faz menos culta por isso, você gosta de ler, mas diferente de como uma maioria lê ou acha que deve ler, enfim, achei bem sincero seu post e gostei de saber da sua diferente forma de ler ;}

    Beijos
    Meu outro lado

    ResponderExcluir
  23. Oi Oi... Venho por meio deste agradecer-te por ter ido ao blog, e principalmente ter participado da humilde promoção do mesmo. Sinceramente, quando entrei no seu blog me impressionei. Tudo tão sensacional por aqui. Parabéns mesmo...

    Obrigado por ter seguido ao meu humilde blog, é sempre bom receber pessoas - ainda mais pessoas experientes e com um blog super turbinado como o seu. rs

    Grande abraço, se puder me de uma força em relação ao blog, divulgando ou comentando sobre com seus amigos .. Grande abraço! Paz e bem!

    http://paixaodeanjo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  24. Antigamente eu lia bastante livros, hoje não leio quase nada mais também é por causa tempo. Mas eu amo ler acho que me ajuda muito quando você vai escrever um redação ou qualquer outra coisa relacionado a escrita! !

    -----> ♥ Diário de um Coração Encantado ♥

    Um beijão e uma ótima semana para você!

    Jhoy Nanynha

    ResponderExcluir
  25. Oi,Adorei o post,o texto,tudo!!
    Mas vim avisar que tá rolando um sorteio no blog...Vem participar: http://tobelegant.blogspot.com.br/2012/06/primeiro-sorteio.html Beijos.

    ResponderExcluir
  26. Eu tampouco consigo me imaginar como você, não por ser um autor, mas porque eu tive um incentivo em minha infância muito forte, que foi meu pai, que me ensinou a ler de forma prazerosa. Parece que você não teve isto... Ou se teve, não soube aproveitar.
    Apenas tenha a absoluta certeza de que muito raramente (para não generalizar e dizer jamais, pois não li todos os livros do mundo que viraram filme) que um determinado filme será melhor do que um livro. Os filmes deixam muito a desejar para quem é realmente um leitor e isto que a leitura nos propicia, além do bom vocabulário (e isso é imprescindível pra você que gosta de escrever), um senso crítico muito mais apurado.
    Espero que um dia encontre um (a) autor (a) que lhe prenda e lhe faça se apaixonar pela leitura.

    ResponderExcluir

Olá, seja bem vindo :) Diga sua opinião e ela será lida e muito bem vinda, ela é essencial para a construção da identidade deste blog!

Sua opinião será respondida aqui mesmo e em seu blog, por isso peço que deixe seu link para que eu possa retribuir a visita.

Temos twitter: @sabrinabyme e @blogspiderwebs; siga para receber todas as atualizações.

Um recado

Estava esperando por você. Antes de continuar, você precisa saber de algumas coisinhas, ó: isso não é um diário, nem um blog de moda. É apenas um blog. E apesar de alguns textos desde site possuírem um caráter bem pessoal [ao enfatizar sentimentos e circunstâncias] e narrativas por inúmeras vezes cortantes e sensíveis em primeira pessoa, nem todos eles possuem caráter auto-biográfico e opiniões da própria autora.

SPIDERTV

PEQUENAS DOSES DE @SABRINABYME

'' Eu quis encontrar um jeito de nunca morrer, e a partir daí, eu comecei a escrever.''

'' Se tem uma coisa que eu aprendi sobre a dor, é que na maioria das vezes, ela também é a cura''

'' Que eu nunca perca essa vontade de escrever. Jamais. O mundo parece uma prisão, às vezes. Escrever é como abrir janelas.''


leia mais em Pensador.info>