Nunca fui uma garota de atitude

07:39


Tumblr_lemag7fqnw1qdj50jo1_500_large

Você não precisou sair da minha vida. Eu te expulsei. Te expulsei como devia ter feito com inúmeras pessoas ao longo dos anos e não fiz. Você sabe, nunca fui uma garota de atitude. Mas fiz uma coisa que até eu fiquei surpreendida. Fiz com você, por querer fazer e sabendo mais ou menos o porquê. Era minha única saída. Resolvi te esquecer sem nenhuma despedida.

A verdade era que você me fazia tão bem, que era muito difícil de acreditar que era real. Foi mal. A minha única solução foi matar você. Pelo menos em mim, aqui no meu coração, dolorosamente. E sabe, eu até sinto falta daquilo tudo que você me proporcionava. Felicidade, espera e saudade. Ás vezes até vaidade pelas sedutoras palavras constantemente pronunciadas por você, a todo momento desde o almoço até o jantar. Mas você é uma droga e eu sou uma dependente recuperada. Eu sei o mal que esse sentimento pode causar em mim. Essa droga de sentimento que não aparece em cápsulas ou em doses extrapoladas. Aparece quando você olha pra mim, sorrindo , num momento sem fim. 

Você achava que me tinha em suas mãos, era o que pelo menos aparentava. Não se engane, é quase, mas não é bem por aí. Eu sei que não deveria te julgar por ser quem é, mas vai por mim, foi melhor assim. Meus sorrisos eram sinceros, mas como poderei saber se os seus também eram? Você tinha o pior poder . Você me conhece. Me atrai e isso me assusta. Me assusta porque por mais que eu tente te ver transparente, te vejo escuro e com inúmeras indagações em seu olhar, cada vez mais turvo, o que me faz querer fugir. E nunca mais voltar. E quem sabe correr? Até o entardecer, ecoando em repouso no anoitecer, despertando na alvorada do amanhecer.

Não quero olhar pra você. Mas é só fechar os olhos e você está aqui diante de mim, nos meus pensamentos a todo o momento. Quero nunca mais ter que te olhar, mas é difícil não te imaginar. E fazer isso,sem você perceber. Não me liga mais. Não tenta falar nada. Nem imaginar porque agora as coisas estão assim. È o  fim, antes de ter começado. Aceite. É que certas coisas às vezes não tem explicação. Eu vou agir assim, a partir de agora, segundo a minha intuição. 

Quem sabe um dia eu me arrependa e queira voltar a traz das premeditadas perdas. Eu sei que será tarde demais. Mas eu não te conheço e esse é o preço que pago pela sua enigmática existência, o que você optou para se proteger e se orgulhar. Eu não to preparada. E isso é definitivo para que eu tenha que adormecer sem esperar por você. Definitivo para que eu tenha que precisar te esquecer e pelo menos assim, tentar viver cima de tudo. Sobre qualquer dúvida. Sobreviver.

E dessa vez, sem você.

You Might Also Like

9 Comente!

  1. Oi Sá
    Nossa que lindo texto, acho que essa menina é sim de atitude! Não sei se é ficção ou não, isso não vem ao caso. O caso é que vc escreve muito bem, continue assim, não sei se vc já escolheu a faculdade,nem perguntou minha opinião, mas eu faria publicidade, que era uma de suas opções. O meu livro chegou, seu texto está mara! Vc foi uma das pessoas que tive o prazer e orgulho de conhecer esse ano. Te gosto muito mesmo viu?!
    Bjão da tia Lú. Fique com Deus! Um 2013 abençoado para ti e tua família!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. AAAh que maravilha, que bom que gostou da minha crônica. Obrigado pelos elogios, tenho muito que melhorar ainda. Hoje recebi o email do Clube de Autores e meu livro já está a caminho, devo receber lá pelo dia 20.

      Beijão e um feliz Natal pra você, pro seu maridos e seus filhos!

      Excluir
  2. Seu texto é maravilhoso. Você escreve de uma forma que prende o leitor. Gosto das palavras que você e do sentido que você dá a elas. Lindo texto. Beijãão.

    www.detalhesamor.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Super lindo seu texto !!
    Beijos

    ascarus.com

    ResponderExcluir
  4. Lindo texto, Sa... no texto, a garota, parece ter ganhado maturidade e agido com atitude. Parabéns! beijinhos e linda noite.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é! ehehhe acho que foi mais ou menos isso mesmo .

      Excluir

Olá, seja bem vindo :) Diga sua opinião e ela será lida e muito bem vinda, ela é essencial para a construção da identidade deste blog!

Sua opinião será respondida aqui mesmo e em seu blog, por isso peço que deixe seu link para que eu possa retribuir a visita.

Temos twitter: @sabrinabyme e @blogspiderwebs; siga para receber todas as atualizações.

Um recado

Estava esperando por você. Antes de continuar, você precisa saber de algumas coisinhas, ó: isso não é um diário, nem um blog de moda. É apenas um blog. E apesar de alguns textos desde site possuírem um caráter bem pessoal [ao enfatizar sentimentos e circunstâncias] e narrativas por inúmeras vezes cortantes e sensíveis em primeira pessoa, nem todos eles possuem caráter auto-biográfico e opiniões da própria autora.

SPIDERTV

PEQUENAS DOSES DE @SABRINABYME

'' Eu quis encontrar um jeito de nunca morrer, e a partir daí, eu comecei a escrever.''

'' Se tem uma coisa que eu aprendi sobre a dor, é que na maioria das vezes, ela também é a cura''

'' Que eu nunca perca essa vontade de escrever. Jamais. O mundo parece uma prisão, às vezes. Escrever é como abrir janelas.''


leia mais em Pensador.info>