Meu celular novo: Samsung Galaxy Y

21:40


Olá pessoal! Nos últimos dias as postagens andam saindo mais tarde porque essa semana eu ando tendo muita coisa pra fazer, uma dessas coisas são os afazeres domésticos #empreguete. Enfim, como vocês sabem, meu aniversário foi na segunda-feira e aniversário é sinônimo de...presentes! OK , nem tanto assim. Eu não ganhei muita coisa, mas ganhei algo que eu estava precisando faz tempo: um celular novo. 

Em 2011 eu adquiri meu primeiro Android. Era um Motorola SPICE. Pelo preço na época (R$ 800,00) eu achei que fiquei muito na desvantagem. Se você quer saber o porquê dessa desvantagem toda veja esse vídeo AQUI. Além disso quebrei a tela dele com apenas 3 meses de uso, devido a uma fatalidade. Desde lá venho usando ele assim mesmo do jeito que dava. Ou seja, eu odiava meu celular. 

O tempo passou e eu vi que estava precisando de um novo celular que estivesse mais de acordo com os avanços da tecnologia e as minhas necessidades. Pessoas do século 21 não sabem mais viver sem celular. Eu queria gostar do meu. Mas não dava. Em 2012, no meu aniversário, eu tive a oportunidade de comprar um celular novo. Mas preferi ter uma câmera profissional do que um celular super sofisticado na época (e claro que não dava para ter os dois ao mesmo tempo né). Apesar de ter uma ótima câmera, continuei com meu celular trash.


Agora, em 2013, o Galaxy Y (Young) caiu como uma luva. Eu queria um celular com Android 2.3, já que o meu celular antigo era o 2.1. No que isso interfere? Um bom exemplo foi ano passado, quando finalmente o Instagram saiu para Android. Fui lá, toda feliz, instalar no meu celular que era Android 2.1 e descobri que não podia, pois o aplicativo só era compatível com o Android 2.3. Então por esse motivo só agora pude movimentar meu ''insta'' (segue lá, @sabrinnagomes) . Outra coisa: eu não queria gastar muito com celular também, não agora. Queria algo simples, barato e bom, ou seja, um celular que tivesse um bom custo x benefício. É meio difícil de encontrar coisas assim por aí, mas esse celular se encaixa mais ou menos nesse perfil.



O Galaxy Y é um smartphone de entrada. Smartphones de entrada são chamados ''primeiros smartphones'' , aquele considerado melhor custo benefício. Ou seja, ideal para quem nunca teve smartphones e quer se adaptar (ou para quem teve um péssimo como eu). Mas nada impede que você comece com um smartphone mais sofisticado! É que esse tem um preço camarada, ou seja, é mais popular por aí. 

UP (aspectos bons): 

> Preço bacana ( na faixa de R$ 300,00 a R$ 400,00) 

> Levíssimo! 

> Android atualizado - 2.3 – que permite baixar os aplicativos mais usados na atualidade sem maiores problemas (Facebook, Twitter, Whatsapp, Instagram, Foursquare entre outros) .

> Processador bom 830 MHz . 

> Serve como roteador de internet. Teclado swype 

> É fácil de configurar e suporta cartões de memória de até 32 GB. 

> Você encontra facilmente capinhas personalizadas para ele no mercado.
DOWN (aspectos ruins): 

> Pouquíssima memória interna (nada é perfeito né). 

> Câmera de baixa qualidade à noite. (resolução de 3.2 MP)

> Dependendo do lugar que você compra, ele vem vinculado com alguma operadora. (mas mesmo assim é desbloqueado).

> Alguns aplicativos só podem ser armazenados na memória interna do celular.

Onde comprar: 

> Casas Bahia
> Americanas 
> Ponto frio 
Buscapé
> Saraiva
> Balão da informática 


Apesar dos aspectos down e tudo mais, eu achei o Galaxy Y um ótimo celular, já estou apaixonada por ele e pelos aplicativos que antes eu não tinha acesso. Agora quero comprar várias capinhas. Mas e aí, o que acharam dele? Alguém aí têm também? Me conta!



You Might Also Like

11 Comente!

  1. Eu tenho um igual Sa e já indiquei pra vários amigos que adoraram também. Troco de celular no mínimo 2x por ano (sim, sou fissurada por celular) e esse eu tenho certeza que vou ficar por mais tempo, pois foi o melhor que tive até hoje. Você fez uma ótima compra viu. :D

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  2. Rsrs fatalidade né, amiga ? Me lembro como se fosse ontem... Ele caindo e vc dizendo : quebra! E quebrou rsrs tenho esse telefone tambem, amo demais!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não deixa de ser uma fatalidade. '-'

      Excluir
  3. Esse celular parece ser bom, eu confesso que pra mim um que dê pra ligar e mandar mensagens esta ótimo haha, mas se eu fosse comprar um assim "melhor" compraria um assim como esse seu. Beijão <3

    www.detalhesamor.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Eu tenho *-* Comprei esse ano também, deve ter 1 mês. Estou adorando e meu objetivo era o mesmo que o seu: Smartphone simples, que seja compatível com Instagram e alguns outros aplicativos modernos. O ruim mesmo é só a memória interna que é MUITO pouca. Agora quero comprar uma película pra tela e várias capas legais *-*
    Beeijos!
    doceilusao.com/

    ResponderExcluir
  5. Sabrina, também comprei um Galaxy Y recentemente e realmente ele é um bom celular custo-benefício... o que mata mesmo é a memória interna... instalei o Facebook, o Outlook e o Angry Birds... acabou a memória!!! Mas aí vai a dica: varrendo a internet atrás de uma solução para o problema (não queria fazer "root" porque perde a garantia) encontrei algo muito simples, que faz com que instalemos programas direto no cartão SD (que, não sei por que, o Galaxy Y vem com essa função bloqueada). Todo o passo-a-passo é explicado no blog x-androoid (link http://xandrooid.blogspot.com.br/2012/10/como-instalar-qualquer-aplicativos-no.html#.UaAetdK1Gvx). Recomendo!

    ResponderExcluir
  6. comprei ele na lojas americanas e amei! chegou nesse dia 09 05 13 to apaixonada!

    ResponderExcluir
  7. Ah, legal a matéria. Mas falaram que Android 2.3 é atualizado, não rola!
    Hoje o Android mais recente é o 4.1.2!

    Acho que dá pra achar coisa melhor pagando um pouco a mais.

    ResponderExcluir

Olá, seja bem vindo :) Diga sua opinião e ela será lida e muito bem vinda, ela é essencial para a construção da identidade deste blog!

Sua opinião será respondida aqui mesmo e em seu blog, por isso peço que deixe seu link para que eu possa retribuir a visita.

Temos twitter: @sabrinabyme e @blogspiderwebs; siga para receber todas as atualizações.

Um recado

Estava esperando por você. Antes de continuar, você precisa saber de algumas coisinhas, ó: isso não é um diário, nem um blog de moda. É apenas um blog. E apesar de alguns textos desde site possuírem um caráter bem pessoal [ao enfatizar sentimentos e circunstâncias] e narrativas por inúmeras vezes cortantes e sensíveis em primeira pessoa, nem todos eles possuem caráter auto-biográfico e opiniões da própria autora.

SPIDERTV

PEQUENAS DOSES DE @SABRINABYME

'' Eu quis encontrar um jeito de nunca morrer, e a partir daí, eu comecei a escrever.''

'' Se tem uma coisa que eu aprendi sobre a dor, é que na maioria das vezes, ela também é a cura''

'' Que eu nunca perca essa vontade de escrever. Jamais. O mundo parece uma prisão, às vezes. Escrever é como abrir janelas.''


leia mais em Pensador.info>