Tudo aquilo que eu nunca consegui te dizer

15:40



Perdoa minha demora, mas tem coisas na vida que são tão boas, que nos deixam sem palavras. E na minha, nesse exato momento, é você. Talvez a melhor hora é a gente quem faz, eu cansei de esperar, precisava desabar. Eu só queria te contar que...

Parece que a cada instante despertar para a realidade e voltar pra onde sempre estive. Acho um absurdo me sentir tão completa e feliz ao lado de alguém...porque jamais imaginei que seria possível. Foi um susto! Uma avalanche! Um roubo! Você me roubou de mim, e me trouxe pro seu mundo, que me esperava. Eu não esperava. Eu não te esperava. E hoje todo e qualquer plano, desejo ou meta, não existem sem você ao meu lado.

É indecifrável. Sei que a eternidade não existe, mas deixa eu fingir. Com você eu gosto de fingir que finalmente encontrei o grande amor da minha vida, e se esse tal grande amor não existir...idaí, eu invento. Deixa eu fingir, só por um instante. A razão não me importa muito agora. Deixa eu sonhar. Contos de fadas não existem, mas se existissem, com certeza se pareceriam com a nossa história. Deixa eu brincar de ter você pra sempre aqui, como num filme onde tudo dá certo no final. Deixa?

A seu lado só vejo facilidades, apesar do mundo ser desafiador. Não tenho medo, te amar é como pular em uma queda livre, mas seu amor me dá a segurança, então mesmo com as dificuldades, no final, fica tudo bem, porque eu sei que sempre estarei com os pés no chão.  Eu queria que todos os planetas, o sol, todas as galaxias e o tempo parassem quando te tenho aqui, quando tenho um beijo seu, quando estamos unidos num só coração.

É fascinante esse sentimento, é grandioso demais. É mais ou menos uma espécie de ilusão boa. Vivo num sonho acordada, que se torna real quando você está aqui...e quando você está, todo e qualquer tempo que estou em sua presença é pouco demais. Nunca é o suficiente e sinto que nunca será. Hoje a saudade tem o seu nome, mas é uma saudade boa. É aquela saudade que abraça todo o tempo, mesmo longe. E que desaparece ligeiramente a cada final de semana, mas sempre volta durante os dias úteis, pra me fazer vibrar e contar cada minutinho pra nos encontramos novamente. Um dia sem ouvir a sua voz, que tanto me acalma, parece um desespero, uma eternidade. ‘’Eu te amo’’ já não é o suficiente, mas é o que eu tenho pra demonstrar. Como mostrar algo que não me cabe, que transcende a minha própria essência? O que eu sinto é muito maior de tudo aquilo que eu já senti. Nem eu sabia que podia amar assim.

Se eu soubesse que depois de tudo que passei, eu acharia você, eu sofreria com prazer. Não tentaria fugir daquele sofrimento, como fugi, pro meu bem e pra minha paz de espírito. Ah se eu ao menos soubesse!!! Permitira a mim mesma estar todas as noites em claro remoendo sentimentos confusos. Então, a cada lágrima, eu choraria em dobro e sofreria ainda mais. Choraria tudo. Iria aceitar a pior das sentenças, aguentaria firme a dor de uma decepção, ficaria um bom tempo na solidão, um tempo experimentando aquele vazio que um dia alguém preenchia, mas depois, com o tempo, feriu e se foi, deixando aquela ferida aberta e dolorida. Eu não me moveria, e permaneceria assim, por um tempo razoável. Desfrutaria da pior das dores, aceitaria estar sem amigos e viagens pra distrair a cabeça e esquecer tudo aquilo que me fazia sofrer, como fiz. Se eu soubesse que depois viria você, eu com certeza sentiria na pele o gosto de estar mal, muito mal.

Porque sem ao menos esperar, tudo que eu quis apareceu pra mim. Toda a dor que eu senti um dia valeu a pena, eu sei. Então, nesse caso, até a pior das dores valeria a pena.  Porque o que eu sinto hoje não tem nome. É alegria demais. É um sacrilégio estar tão feliz assim, não cabe dentro de mim tanta felicidade, a todo momento sinto que irei explodir. Sinto-me tão realizada que se por acaso eu perde-se a vida agora mesmo, pelo menos eu iria partir sabendo que esperar a felicidade ser completa, vale a pena. Que amar sempre vale a pena. Que o amor verdadeiro existe pra fazer todas as coisas valerem a pena. 



You Might Also Like

1 Comente!

  1. De uma certa forma consigo entender seus sentimentos no texto, porque me vejo no seu passado, como uma versão anterior à sua, onde o que está acontecendo com você agora poderá ser um dia uma projeção de mim mesmo. Espero que seja, porque o amor é como disse inimaginável.
    ACESSO PERMITIDO. ♥

    ResponderExcluir

Olá, seja bem vindo :) Diga sua opinião e ela será lida e muito bem vinda, ela é essencial para a construção da identidade deste blog!

Sua opinião será respondida aqui mesmo e em seu blog, por isso peço que deixe seu link para que eu possa retribuir a visita.

Temos twitter: @sabrinabyme e @blogspiderwebs; siga para receber todas as atualizações.

Um recado

Estava esperando por você. Antes de continuar, você precisa saber de algumas coisinhas, ó: isso não é um diário, nem um blog de moda. É apenas um blog. E apesar de alguns textos desde site possuírem um caráter bem pessoal [ao enfatizar sentimentos e circunstâncias] e narrativas por inúmeras vezes cortantes e sensíveis em primeira pessoa, nem todos eles possuem caráter auto-biográfico e opiniões da própria autora.

SPIDERTV

PEQUENAS DOSES DE @SABRINABYME

'' Eu quis encontrar um jeito de nunca morrer, e a partir daí, eu comecei a escrever.''

'' Se tem uma coisa que eu aprendi sobre a dor, é que na maioria das vezes, ela também é a cura''

'' Que eu nunca perca essa vontade de escrever. Jamais. O mundo parece uma prisão, às vezes. Escrever é como abrir janelas.''


leia mais em Pensador.info>