Tudo que eu sei sobre ele até agora

01:59














































Antes de conhece-lo, eu estava acostumada com um mundo de facilidades. As pessoas não gostam mais de assumir compromissos com as outras, afinal, isso evita tanto stress. Sem responsabilidades com um outro alguém, a vida parece ser mais leve de se tocar. Afinal, de problemas já estamos fartos! Nunca fui fã dessa objetificação das pessoas, mas teve uma certa época que isso [pra mim] era tão normal. A convivência é algo complicado, mas tudo muda quando você encontra alguém que te mostra que na sua completude falta uma parte, ou seja, a tal outra metade que a gente tanto se questiona se existe ou não.

E eu soube disso desde a primeira vez que o vi. 

Eu não sabia era do que viria depois, aliás, a gente nunca sabe. A gente nunca sabe quando o amor vai bater a nossa porta, vai entrar e vai mudar tudo. As coisas acontecem. As primeiras conversas vão surgindo, como tantas outras. Os primeiro encontros também, como outros, com outros caras, ao mesmo tempo e sem qualquer pretensão. Como já dizia Lulu, tudo é só '' uma ideia que existe na cabeça e não tem a menor pretensão de acontecer''. Mas se no meio disso tudo existe alguém que te chama atenção. Fique atento(a). Devo muito a minha introspecção. Talvez se eu fosse impulsiva e fechada demais, não percebesse que tudo que eu precisava estava bem ali, vindo ao meu encontro naquele dia que eu decidi me abrir para o novo. E que eu deixei ele me conquistar. 

E ele fez isso. Direitinho. 

Ele tem manias esquisitas e assuntos estranhos, eu sei. Mas ao lado dele me sinto a pessoa mais sortuda do universo. Sei que gosto também do jeito dele de mostrar que sabe de todas as respostas do mundo, é engraçado. É interessante perceber como odeia ser questionado, e que procura amenizar uma discussão desnecessária, porque sabe que aquilo pode desencadear um desentendimento onde ambos sairão feridos. Ele não sabe, mas eu percebo isso. Eu gosto quando ele diz que me ama nun intervalo de um beijo, é tão lindo. Odeio como quer manter o controle de tudo. Mas sei que amo viajar com ele, seja parada ou por aí, pelo mundo.Gosto também de como consegue nos encaixar naqueles momentos românticos que sempre sonhei ou vi em filmes. 

Eu gosto das piadas dele ou de como consegue ser contraditório, me encorajando a comer gordices e ao mesmo tempo dizendo que precisamos ir para a academia. Eu gosto de quando quer ouvir meus problemas e reclamações, e odeio quando quer criticar tudo que acha errado. Eu também gosto quando me encoraja a enfrentar meus medos, ou de superar coisas nas quais eu venho tentando esquecer há anos. Sei que odeio sua inconveniência.  Essa mania falar sempre o que dá na telha. Amo seu sorriso, amo demais, é tão sincero como o seu olhar. Amo seu olhar. Amo também sua ousadia, sua humildade, mas sobretudo, o que me encanta é a sua simplicidade e a pessoa bonita e carinhosa que é. Mas odeio sua mania de mudar o combinado. Ou como insiste em misturar xadrez com listras no mesmo look. Mas sei que amo quando está de blusa social azul. Ah, como eu sei.

Sei que gosta de filmes e de aventura, sei que odeia monotonia. Sei que ele não é perfeito, não é exatamente do jeito que eu sempre quis. Mas sei que preciso do seu amor, da sua presença, da sua voz e do seu abraço. A verdade é que de maneira totalmente inesperada, ele entrou na minha vida e me faz feliz, simples assim e eu sei do bem que ele me faz, como nunca alguém havia feito antes. Isso é mais do que suficiente para querer estar ao lado dele - todo tempo - para sempre. E isso é tudo que eu sei sobre ele até agora.





Sonhei que as pessoas eram boas
Em um mundo de amor
E acordei nesse mundo marginal

Mas te vejo e sinto
O brilho desse olhar que me acalma
Me traz força pra encarar tudo
Mas te vejo e sinto
O brilho desse olhar que me acalma
Me traz força pra encarar tudo
(Dia especial - Pouca vogal)

You Might Also Like

2 Comente!

  1. Adorei seu texto e o modo sensível e ao mesmo tempo realista como descreves o ser amado.
    Você sempre escreve muito bem, e é tão bom te acompanhar e ver como sua escrita vai amadurecendo. Você vai longe, garota!

    (indiquei seu blog para um meme.. se quiseres conferir, dê uma passadinha lá no Devaneios, confira e fique à vontade para participar ou não)

    www.devaneiosedesvarios.com

    ResponderExcluir
  2. Oi Saw, olha só quem deu as caras por aqui.. Seu amigo engraçadinho. Enfim, à dias eu venho orando pelos meus amigos, e ao mesmo tempo por mim (solteiro, 18 anos, gato, alto. Meninas que estiverem lendo isso, entrem em contato rs.), mas parando de brincar.. Estou muito feliz e agradeço à Deus pela mudança que ele fez na sua vida. Mudou para melhor, muuuuito melhor. É tão bom ver você vivendo um verdadeiro amor, um amor sem diferenças, preferências.. Sei que ele é aquele príncipe que alguns meses atrás me disse que iria esperar chegar.. Pois bem, ele veio. E com ele, a felicidade de amar, de querer estar junto, de ficar horas conversando coisas sem sentindo rs. Você é perfeita para ele, e ele, perfeito para você. Os planos de Deus podem demorar a acontecer, mas quando acontecem, são bem melhores do que havíamos imaginado.. Mentira? Acho que não.. Lindo texto minha amiga, parabéns pelo namoro, sucesso ao casal, e quero ir no casamento hein? Vou levar uma sacolinha, amo salgadinho HAHA.

    ResponderExcluir

Olá, seja bem vindo :) Diga sua opinião e ela será lida e muito bem vinda, ela é essencial para a construção da identidade deste blog!

Sua opinião será respondida aqui mesmo e em seu blog, por isso peço que deixe seu link para que eu possa retribuir a visita.

Temos twitter: @sabrinabyme e @blogspiderwebs; siga para receber todas as atualizações.

Um recado

Estava esperando por você. Antes de continuar, você precisa saber de algumas coisinhas, ó: isso não é um diário, nem um blog de moda. É apenas um blog. E apesar de alguns textos desde site possuírem um caráter bem pessoal [ao enfatizar sentimentos e circunstâncias] e narrativas por inúmeras vezes cortantes e sensíveis em primeira pessoa, nem todos eles possuem caráter auto-biográfico e opiniões da própria autora.

SPIDERTV

PEQUENAS DOSES DE @SABRINABYME

'' Eu quis encontrar um jeito de nunca morrer, e a partir daí, eu comecei a escrever.''

'' Se tem uma coisa que eu aprendi sobre a dor, é que na maioria das vezes, ela também é a cura''

'' Que eu nunca perca essa vontade de escrever. Jamais. O mundo parece uma prisão, às vezes. Escrever é como abrir janelas.''


leia mais em Pensador.info>